06/02/09

Amor de Irmãos!

Dias atrás eu e umas amigas estávamos conversando sobre família. Uma delas, que têm dois filhos pequenos, disse que nessa experiência de ser mãe, ela pôde observar em seus filhos que o amor entre irmãos é mais forte que amor entre pais e filhos. Afinal, uma mãe ou um pai, não tem todo o tempo disponível para um filho do que um irmão tem. Por exemplo: Irmãos acordam juntos, fazem as lições de escola juntos, vão brincar juntos, passeiam juntos, fazem tudo juntos! Quer dedicação maior que essa? É amor minha gente. Em quebra pau ou não, é amor.

Tenho certeza que você tem aqueles amigos que sempre estão em pé de guerra com os irmãos e você fica pensando: “Como é que eles conseguem?”. Afinal você sempre está em clima de paz na sua casa. Você se dá bem com seus irmãos. Porque briguinhas todo mundo tem, mas não daquele jeito. Mas tem também aqueles que tem um irmão parceiro. Que faz tudo com ele, dividem roupas, não brigam, são amigos, saem juntos, tudo em perfeita harmonia. E aí lá vem você novamente pensar: “Que inveja desse cara, queria um irmão assim”.

Já parou pra pensar que tudo na vida só muda de endereço? É mãe, é pai, irmão, pedreiro, marido, empregada. Todo mundo tem uma história parecida com a sua. Você não é sozinho no mundo. Mas insiste em falar que aquilo só acontece com você! Que egoísta.

Se você é mais velho, você pensa que tudo o que acontece põem a culpa em você. Fica com raiva dos mais novos porque eles são uns mimados e ninguém faz nada pra castigar eles. Só castigam você. Você leva bronca por tudo. Alias, você é a cabeça. A figura responsável. Tem que dar exemplo.

Se você é mais novo, você pensa que só o mais velho tem direito das coisas. Você também tem raiva dele. Seus pais não gostam de você como gostam dele. Ele ganha tudo do melhor e você só ganha os restos daquilo que ele já usou. Roupas, brinquedos, materiais escolares. Por que? Será que você é adotado?

E quem não tem irmão? Que triste. Aposto que a maioria deles daria o céu para ter, ao menos um. Pois com certeza deve pensar nas possibilidades de dividir as coisas, culpas e medos. Sair juntos com os amigos ou viajar. Principalmente aquele filho único que já cresceu, mas a mãe ainda não percebeu. Ele se sente super sufocado pela super proteção da sua super mãe. E com o tempo começa achar “um saco” ser filho único. Afinal agora todos os pepinos da família caem no colo dele para ele resolver.

Eu tenho dois irmãos. Vivemos em pé de guerra. Mas é uma guerra harmoniosa. Pois é brigando que a gente se entende. Tenho ciúmes e também gero ciúmes. Mas amo! Confesso que às vezes digo que queria ser filha única. Para ter toda a atenção só pra mim, os presentes só pra mim, a mesada só pra mim, minhas coisas só pra mim. Mas aí eu penso naquele 23 de dezembro que eu estaria com meus amigos, ou comemorando com o namorado o final do ano, toda alegre feliz e saltitante e de repente vejo o celular tocando freneticamente, sendo minha maminha do outro lado da linha pedindo para eu não esquecer de comprar o maldito peru do Natal. E, mudo de idéia! Por que? Porque eu quero irmãos para sempre na minha vida. Quero dividir tudo com eles. Inclusive esses tipos de responsabilidades bobas.

Egoísta eu? Neeeem pensar.
É amor de irmão!

Ana e Lute. Amo-lhos-vos!
Você são o orégano da minha pizza!

7 comentários:

Ana Karla disse...

é..pizza sem orégano não tem graça mesmo...minha vida sem vcs tbm não..
Será que eu amo tbm?

Mirela disse...

hahaha! Muito bom o texto. ;)

Mas não sou muito fã de oregano ,então, classifico o meu irmão como: "borda de catupiry da minha pizza". euheuheuheuheuheuehu! ;*

Welton Nogueira disse...

eu tenho duas irmãs tb.
enchem o saco às vezes, mas não consigo viver sem elas.

Carlos disse...

Meus irmãos são super parceiros ainda que pequenos, sou muito feliz por isso.Muito bom post

andré disse...

bonito texto, vc tem um coração dourado moça. mas algumas pessoas nao tem esta sorte. tem irmaos apenas biologicos, na verdade um acidente do destino. maaaaas, para compensar esta cagada, papai do céu nos dá irmaos postiços, q são tão ou mais importantes q aqueles q beberam da mesma agua barrigal q vc. estes, os amigos, são meus irmaos de verdade. vc é minha irmã de verdade.

Neo disse...

Irmão é BÃO TAMÉM!!


Beijonocê!

Karlinha disse...

éee
eu tive fases de brigas e fases de paz!
é normal!
amo igual!

e amo vc, minha irmã postiça!