08/01/2000

Você quer saber SOBRE este blog né?
Puts.. não tenho muito o que dizer...

Só sei que comecei o blog em janeiro de 2004. (CARAMBA, 5 ANOS JÁ?) sem saber do que tratava e para que servia esse tal de blog. Lembro que eu li em uma dessas revistas para adolescentes (leia Atrevida, Capricho, etc) uma matéria falando sobre a nova mania entre a moçada – o tal do “Diário Virtual”. E eu como uma emaconhada de internet não pude ficar sem essa. Não deu outra. Resolvi fazer o meu diário virtual também. Lóóógico!
Fui publicando totalmente alienada, e não entendendo como as pessoas iriam se interessar por minhas firúlas e pensamentos de adolescente frustrada. Mas dei continuidade, sendo totalmente autoditada no quesito do layout. Fucei tanto que hoje me viro legal.

A idéia inicial deste blog era justamente o propósito dele. Diário Virtual. Mas como nem na vida real eu tinha diário, não haveria o porque de ter um na vida virtual. Aí fui postando coisas engraçadas que eu achava na net, ou as vezes contava algum “causo” meu.. e assim foi indo e assim é até hoje.

[Pare por aqui se você queria saber apenas sobre o blog.]

Agora se quiser saber de mim, pode continuar lendo hehehe



Me chamo Kellen Cristina Pinheiro Lopes, grandinho nome né? Mas quem é a Kellen? Digo que sou aquela moça que quando criança queria ser estilista, depois arquiteta, aeromoça, atriz, depois a vontade se transferiu para estudar o oceano. Sou aquela que acreditava que podia fazer tudo. Aquela que, assim como todas as crianças, falava: “Quando eu crescer, tudo vai ser diferente, vou fazer tudo acontecer!”.

Minha infância não teve jogos virtuais, celulares, encontros no Mac Donalds e viagem pra Disney. Eu brinquei de pega-pega, passa-anel, esconde-esconde, troquei papel de carta na escola e pulei elástico. Porém umas das coisas que realmente marcaram meus "anos incríveis" foram Atari, Aquaplay, Bogobol e o incrível Pirocóptero.

Eu aprecio conversar com amigos até horas da madrugada, seja num bar, no telefone ou no MSN, gosto de pessoas que sabem rir de si mesmas, ver pôr-do-sol, empadão, mousse de maracujá, chuva com filme, cheiro de grama cortada, acordar de madrugada e ver que ainda tenho tempo para dormir mais, gosto de comer lendo, de risada de criança, de conversar com minha avó, do abraço do urso do meu irmão, do bolinho de chuva da minha mãe, das tiradas do meu pai e da praticidade da minha irmã. Gosto de cinema, de comer pizza fria e viajar para lugares que lembram minha infância. Gostaria de saber tocar algum instrumento, gosto de dançar e de acordar tarde no domingo. Mas sabe o que eu mais gosto? Que falem o meu nome corretamente!

K E L L E N Simples assim..

Quando tenho uma visão mais realista das coisas, me parece que estou num mundo de gente burra ou tola, de pessoas que complicam demais as coisas. E é bem capaz de ser isso mesmo. Por isso procuro cultivar muito o meu lado PACIENTE
Sou uma pessoa que se doa espontaneamente, é automático, não percebo.. tem horas que é até mesmo sem necessariamente considerar se estou recebendo algo em troca. Tanto que algumas pessoas podem simplesmente se irritar, achando que estou me portando de forma ingênua, quando o que ocorre é que, na verdade, não ligo. Sinto necessidade de doar. Se o outro esculhamba aquilo que doei, problema é dele. Cada um dá o que pode, e faz o que pode com o que recebeu.

Tem horas que tenho raiva, me sinto excluída por mim mesmo. Sacrifico-me pelos outros e me esqueço. Sou chorona. Sou brincalhona. Faço trabalho dos outros. Tomo na cabeça e não aprendo. Não sei dizer não. Acho que vou comprar um caderno e escrever umas 100 vezes por dia: Devo aprender a dizer não!

Também alterno muito entre submissão e autoridade. Sou difícil de definir, pois em alguns momentos sou dócil e compreendo tudo, e em outros momentos um leão furioso. O fato é que o quente e o frio se alternam na minha alma colorida.

Sou certamente uma pessoa muito divertida, mas sinto muito vontade de agradar, que as vezes até penso que sou vítima desta vontade. Mas com o tempo vou aprendendo a lidar com a idéia de que não sou uma unanimidade, e sempre haverá alguma circunstância em que alguém não gostará de mim. Afinal sou consciente e faz parte de mim, perceber que não sou o centro do universo, e que nem sempre vou receber aplausos.

Sou do tipo “viajona”. Mas tenho um mundo muito EU, cheio de fantasias em todos os planos. Sou criativa. Crio heróis, situações loucas, nuvens laranjas, sóis azuis e lagos cor de ouro. Sou sensitiva, sei canalizar minha incrível intuição e sensibilidade, conseguindo captar o que está em volta e com isto, sentindo o ambiente, me adaptando, crescendo e fazendo a diferença.

Ok, eu cresci e ainda continuo querendo ser um monte de coisas, ou seja, não foi tudo diferente, não fiz nada acontecer, e de quebra, descobri que ser adulta é confuso! É um processo estranho e imperceptível. Tornamo-nos “maduros” e “responsáveis”, esquecendo daqueles sonhos infantis e nos direcionamos para o caminho de fazer acontecer apenas uma coisa: conseguir dinheiro para pagar as contas.

7 comentários:

Alessandro Gotardo disse...

Puxa Kellen, a parte do blog foi legal e tive ânimo pra ler os dois primeiros parágrafos sobre você, mas quando eu vi que ainda faltava muito na barra de rolagem, parei por ai, hehe.
Abraços e sucesso com o seu "diário Virtual"

Mario disse...

Eu li quase td ein!srrrrsrs
Td tmb é sacanegem né!

Anônimo disse...

Ah. Kellen a vida funciona dessa forma mesmo. Sei o mais importante é ser feliz. E confesso, vc é muito gata. Xonei. Bye.

Anônimo disse...

Kellen, muito prazer, encontrei seu blog sem querer, e sem querer gostei muito do que li....de da sua forma de pensar.....continue vivendo assim. bjs

Anônimo disse...

Querida Kellen!
Só faltou sua participação no concurso. Valeu por votar!
"Lula Molusco" dos Super Sinceros

Patrick Alves disse...

OLÁ Kellen PARABENS PELO seu blog realmente muito legau e divertido !!!parabens pelos anos aii blogando ^^ se quizer fazer uma visitinha no meu blog sera muito bem vinda http://acoordesparavida.blogspot.com/ate mais abraço

Zé Zilho disse...

Kellen,
Adorei teu blog... alegre, divertido, engraçado, sério, inteligente, super de bom gosto....e você é linda!